The greatest WordPress.com site in all the land!

Na internet há imensos sites e blogs sobre alimentação e encontram-se receitas deliciosas. Este site alem das receitas dá informação muito importante para quem se importa com a saúde e a imagem:

www.alimentacaosaudavel.org

Salada de salmão com ervas
Para 4 Doses

Tempo de Preparação: 10 Minutos
Tempo Total: 10 Minutos
Preparação: Fácil

Ingredientes:

1 alface cortada em juliana
400 gramas de rúcula cortada
150 gramas de salmão fumado
4 vieiras cortadas em fatias
100 gramas de cràme fraîche
70 gramas de ervas finas picadas (salsa, cebolinho, aneto)
Sal (q.b.)
Pimenta preta de moinho (q.b.)

Preparação:

Coloque a alface e a rúcula numa tigela grande. À parte, misture o creme fraîche com as ervas finas picadas, tempere com sal e pimenta e deite o preparado na tigela. Misture até envolver e coloque a salada em 4 pratos. Por cima, coloque fatias de salmão fumado e salpique com as vieiras fatiadas.

Informação Nutricional:

Por dose:

122 calorias
7 grs de gordura (3 gr. Saturada, 1 monoinsaturada)
19 mg de colesterol
6 grs de hidratos de carbono
10 grs de proteínas
3 grs de fibras
70% Dose Diária Recomendada de vitamina A
35% DDR de vitamina C
424 mg de sódio
425 mg de potássio
34% DDR de folatos

Advertisements

Sempre duvidei da necessidade de consultar um nutricionista! Há tanta informação espelhada em livros, na net e em receitas low fat!
Nunca achei possivel conseguir emagrecer e fazer sacrifícios estando sempre a pensar no pouco que se tem que comer e até precisar de pesar o que se vai comer!

A questão é que me informei sobre o assunto e realmente existem muitos casos de sucesso com perdas de peso rápidas ( pelo menos 3kg no primeiro mês) e sustentáveis pois as pessoas que vão por este caminho não voltam a ganhar o peso que perderam nos primeiros tempos de dieta.

A questão é que se está sempre em dieta ou sempre sob controlo. As consultas habitualmente são mensais.

<p>O chá é o melhor ajudanta paraperder peso! Hidrata e ajuda a manter o apetite bem longe!</p>
<p>Qualquer bebida quente e light pode ter estas características. O facto de ser quente é saciante e quando a acompanhar refeições reduz a assimilação de gorduras e o facto de ser líquido, hidrata.</p>
<p>Mas o chá é o rei das bebidas nas dietas. É barato e pode conter substâncias naturais óptimas para drenar, regular o intestino, perder o apetite, e até perder gorduras localizadas.</p>
<p>Seguem-se alguns exemplos das plantas que podemos tomar em infusões e seus benefícios:</p>
<h2>Drenante (para a retenção de líquidos):</h2>
<p>Cavalinha, Folha de vidoeiro, Folha de bolbo, Flor de hibisco.</p>
<p>Quando tomar estes chás, a sua bexiga vai funcionar muito…faça-lhe a vontade!</p>
<h2>Laxante(regula o intestino):</h2>
<p>Sene.</p>
<h2>Redutor de colestrol :</h2>
<p>Flor de hibisco.</p>
<h2>Antioxidante:</h2>
<p>Alfafa. </p>
<h2>REdutor perímetro abdominal:</h2>
<p>Folha de oliveira.</p>
<p>Obvio que o efeito dos benefícios do chá só se vai notar após toma continuada e mantendo uma alimentação equilibrada. E preferencialmente com prática de exercício físcio. Nada se consegue sem trabalho!<br />
Boa sorte!</p>

<!– BEGIN CODE NetAffiliation : http://www.netaffiliation.com/ – Vibro Med –>
<a href=”http://action.metaffiliation.com/suivi.php?mclic=S466A1532287145&#8243; target=”_blank”><img src=”http://action.metaffiliation.com/suivi.php?maff=S466A1532287145&#8243; border=”0″></a>
<!– END CODE NetAffiliation –>

<p>A corrida ao ar livre tem imensos praticantes e até viciados, mas sinceramente nunca me seduziu!</p>
<p>Parece-me um exercício de muito esforço e tendo peso mais nunca senti que tivesse resistência e preparação física para enfrentar uma corrida de ar livre. Usei sempre como alternativa a caminhada.</p>

Numa conversa com um amigo, aprendi uma técnica super interessante e achei de desta forma eu seria capaz de correr!!!

Experimentei…..e agora consigo correr!!!!

A técnica consiste em começar muito devagar.

Fazer um aquecimento de alguns minutos de caminhada e começar com caminhada alternada com corrida.
No primeiro dia o treino deve ser de 1 minuto de caminhada seguido de 1 minuto de corrida. Tempo contado cronometricamente.
Passados dois dias deste esquema passar para 2 minutos corrida e 1 de caminhada e ir incrementando minutos de corrida sempre alternando com um minuto de caminhada.

O tempo total de treino deve ser de acordo com o que se sentir melhor e o tipo de vida que tem levado (activo ou sedentário).
Eu tenho tido uns meses bem sedentários então comecei com 30 min de treino.
O segredo é que começe com objectivos que sejam bem fáceis de concretizar e depois começar a aumentar a dificuldade de tempo á medida que vai estando preparado para tal.

O mesmo acontece com o tipo de percurso. No inicio deve ser um percurso plano sem grandes inclinações, mas depois pode incluir umas subidas no trajecto de treino para que o exercício se torne mais desafiante.
O facto de iniciar o treino só com um minuot de corrida, não quer dizer que não seja capaz de fazer mais, mas vai ajudar a não perder o folego durante o tempo total de treino e habituar os músculos a esta nova actividade.

É preciso começar com calma para perceber qual a respiração correcta a fazer em corrida de forma a não se cansar muito.

O tipo de calçado e roupa também devem ser o mais apropriados a esta prática para evitar lesões e grande impacto na coluna.

As vantagens da corrida para a saúde são inúmeras: tonifica, queima gordura, mantém a mente sã, previne doenças várias.

Não há desculpa para não fazer exercício: A corrida pode ser realizada em qualquer sítio, não exige investimento eencaixa perfeitamente em qualquer horário.

Por tudo isto o que lhe posso desejar é uma boa corrida 🙂

Desde já Votos de um fantástico e saudável ano de 2012!

É verdade, confesso a pausa de Natal e passagem de ano! Estar com a família e amigos é tão bom!

Agora vamos ao ‘trabalho’! Continuar a agir de forma a atingir o objectivo de conseguir/manter o peso ideal!

O sedentarismo é um problema grave da sociedade de hoje! Trabalho no computador, as redes sociais e a televisão são exemplo dos grandes culpados de nos terem colado numa cadeira ou num sofá e ficarmos horas sem nos mexermos! Isso é grave! É grave para a saúde física e psíquica!
Por isso só depende de nós combater os efeitos desse sedentarismo reservando um tempinho no dia para dar 10.000 passos!!!

Parece um número grandioso e difícil, benefícios de caminhada para a saúde de alcançar, mas não é! É um feito acessível a qualquer pessoa de qualquer idade, homem ou mulher!Corresponde só a 30 minutos de exercício físico!

O criador desta ideia diz que: «caminhar 10 000 passos por dia queima uma média de 300 calorias, o que, ao fim de uma semana, pressupõe queimar 2000 calorias extra, o que pode prolongar a vida em cerca de 8 anos».

Como ter noção de quantos passos dá?

Usa um pedómetro!
Pode comprar em lojas de desporto! Se tiver um smartphone pode descarregar grátis uma aplicação de pedómetro!Ele detecta o movimento de cada passo e regista-o, permitindo medir o número de passos que dá, a distância percorrida e a velocidade.

Mas pode dividir esta caminhada por vários momentos do dia, e todos os passos contam, mesmo os que fazemos nas nossas tarefas de rotina! É tão fácil ser saudável é só ir!

Benefícios de cumprir este objectivo!

– Melhora a saúde geral (cardiovascular,.
– Baixa a tensão arterial e reduz a gordura corporal.
– Aproxima ao peso ideal, pois pode perder meio quilo por mês, independentemente da alimentação.
– Reduz os níveis de glicose no sangue de diabéticos e de pessoas com excesso de peso ou obesidade.

Pois é!
Pouco se fala de sexo, mas é importantíssimo! Ter uma vida sexual ativa é essencial para conseguir o corpo ideal. A pele fica perfeita, as gordurinhas nem se atrevem a aparecer e o sorriso está sempre presente!

SExo 2 a 3 vezes por semana dá saúde e alegria!

Saiba porquê!

Quando uma mulher faz sexo, o nível de estrogénio no corpo dela duplica, tornando a pele mais macia e o cabelo mais brilhante.

Quando partilhas a experiência do sexo com alguém, o cérebro começa a associar a outra pessoa ao sentimento de prazer.

Uma sessão de sexo pode queimar cerca de 200 calorias, que é o mesmo que correres durante 15 minutos.

As hormonas de estrogénio libertadas enquanto se tem sexo, contribuem para proteger o coração, ajudam a prevenir a doença de Alzheimer e a osteoporose, enquanto a testosterona fortalece os ossos e os músculos.

O sexo regular aumenta a esperança de vida. Na mesma faixa etária e saúde, aqueles que têm orgasmos mais frequentemente têm metade da taxa de morte do que os homens que não tinham orgasmos tão frequentemente.

Depois do sexo, o corpo liberta endorfinas, responsáveis por diminuírem o stress, levando a um estado de felicidade.

Transpirar enquanto se faz sexo limpa os poros, diminuindo o risco de dermatites.

O sexo fortalece os músculos. E é mais divertido do que correr numa passadeira.

O sexo é um inibidor da dor: mesmo antes do orgasmo, os níveis das hormonas de oxitocina aumentam cerca de 5 vezes mais, levando a uma libertação de endorfinas. Estes químicos acalmam a dor, desde a menor dor de cabeça até dores de artrites, e tudo sem efeitos secundários.

As enxaquecas tendem a desaparecer porque os vasos capilares alargam quando se tem sexo.

Ter sexo regularmente baixa os níveis de colesterol, balanceando o rácio de bom colesterol/mau colesterol.

A actividade sexual diminui a possibilidade de ter constipações bem como gripes.

Sexo 1 ou 2 vezes por semana significa mais 30% de valores mais elevados de anticorpos hemoglobina A, responsável pelo “trabalhar” do sistema imunitário.

Uma sessão de sexo pode ser um bom medicamento para tratar as alergias. Funciona como anti-histamínico natural, que ajuda a combater a asma e a febre.

Ajuda a esquecer os problemas. A oxitocina que é desencadeada pelo orgasmo, tem um efeito amnésico que pode ajudar a esquecer os problemas, que pode durar até cerca de 5 horas.

As mulheres têm uma vantagem adicional, durante o orgasmo as partes do cérebro que gerem o medo, ansiedade, e o stress são desligadas.

Ajuda a dormir melhor. Depois do orgasmo, especialmente à noite, fica-se com sono. A seguir ao orgasmo o corpo fica completamente relaxado.

Melhora os dentes. Muito melhor que uma pasta de dentes, o plasma seminal em contacto com os dentes previne as cáries dentárias, porque contém zinco, cálcio e outros minerais importantes para a prevenção das cáries.

Ginásio em casa

PERNAS E GLÚTEOS

. Comece o movimento de se sentar numa cadeira, mas não chegue a tocar-lhe. Volte a
erguer-se. Faça 3 séries de 10 repetições, 2 a 3 vezes por semana. O mesmo exercício
pode ser feito sem a cadeira e com o seu filho pequeno ao colo.

. Quando limpar a casa, opte por flectir os joelhos em vez do tronco. Por exemplo, ao
limpar o pó na base de um móvel, flicta os joelhos e, mesmo que tenha ficado limpo, repita
o movimento, em 3 séries de 10 repetições, 2 a 3 vezes por semana.

. Subir e descer escadas. Se tiver um ou dois sacos de compras, suba com eles, tendo
atenção à postura e ao abdominal, para que o exercício seja bem sucedido nos seus
objectivos e não provoque mazelas.

. Comece a ajoelhar-se: mantenha o corpo direito e bem alinhado à medida que aproxima
um joelho do chão. Quando estiver quase a tocar, volte acima, devagar. Faça o exercício 3
vezes, 5 vezes em cada uma.

. Pegue numa bola de praia (ou outra, não muito mole) e coloque-a entre as coxas, pouco
acima dos joelhos; sentada ou de pé, vá apertando a bola. Repita, em 3 séries de 5 vezes.

. Sente-se numa cadeira, coloque uma toalha em redor das coxas, e pegue nas pontas.
Faça força para afastar as pernas.

. Deite-se de lado, eleve e desça a perna de cima. Primeiro, esticada e depois flectida, com
o joelho a apontar para a frente. Faça 10 vezes para cada perna e repita 3 vezes. Pode, em
alternativa, fazer o mesmo exercício de gatas, com os cotovelos apoiados no chão e uma
perna esticada (que depois vai subir/descer). A região lombar não deve mexer – o que se
consegue com a ajuda do músculo abdominal contraído – e as costas devem estar bem
alinhadas e direitas.

. Deitada no chão, coloque os pés em cima do sofá, com os joelhos flectidos. Eleve o
tronco do chão até à omoplata. Não deve ir além disso, para não colocar o pescoço em
risco. Pode, depois, descer só até meio caminho, e voltar a subir. Alterne entre a descida
completa e a parcial. Faça 3 séries de 10 repetições.

. Andar de bicicleta: deite-se, de barriga para cima, numa superfície não muito mole,
mas que não magoe as costas, e alterne entre o contra-relógio e a subida lenta de uma
montanha. Este exercício vai trabalhar também os abdominais.

BARRIGA

Duas notas prévias importantes:

. Na maior parte das vezes, uma barriga saliente resulta de má postura: experimente
endireitar-se bem, fazer um “sorriso de ombro a ombro” contraindo ligeiramente a barriga
e veja como diminui logo uma boa percentagem.

. Para uma correcta postura corporal, deve andar-se de abdominal contraído. Funciona
quase como um cinto imaginário. “Aperte-o” ligeiramente (abaixo do umbigo) e mantenha
durante o dia.

. Mais “bicicleta”. Faça 3 bicicletas rápidas de 2 minutos e outras 3, lentas, de 1 minuto.
Faça o exercício, não deixando que a barriga se projecte para o tecto.

. Imagine que está a apertar o fecho a umas calças muito justas e, depois, a desapertar.
Repita 6 vezes.

. Sente-se numa cadeira e coloque o seu filho pequeno em cima das pernas. Faça-as subir,
como no “cavalinho”, mas tente levantar as duas pernas de cada vez. A barriga não pode
sair e a postura é muito importante. Quanto menos peso fizer sobre a cadeira melhor.

. Com os pés em cima do sofá ou de uma cadeira, deite-se de barriga para cima. Dobre as
pernas e comece a elevar o tronco, com a ajuda das mãos atrás do pescoço. Foque-se no
músculo abdominal. Faça 3 séries de 10 repetições

. Mais abdominais: deite-se no chão, de barriga para cima, com os pés em cima do sofá
e eleve ligeiramente um pé de cada vez, imaginando que é o joelho a ser puxado para o
tecto. Faça duas vezes por dia.

. “Cavalitas”: se tiver um filho pequeno, coloque-o aos ombros e flicta o tronco à frente,
sem exagero e sempre com os joelhos flectidos. Volte a endireitar-se. Lembre-se que está
a trabalhar o músculo abdominal, por isso, use aí a sua força. 3 séries de 5 repetições.

. E ainda… mais abdominais! Deite-se de barriga para cima e eleve as pernas apontando
os pés para o tecto. Tente, depois, chegar com os dedos dos pés ao tecto, elevando as
nádegas, mas sem “dar balanço”. Faça 3 séries de 10 repetições.

Tag Cloud